terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Imagem



pano caí...
e a volúpia no espelho é dele.

- aproveita!

...se aninha
que a tua mão dorme ali.
[ali embaixo]

9 comentários:

The last but not the least disse...

Aproveita mesmo, fico só imaginando esse espelho!!!!
bjokas e valeu pelo comentário carinhoso.

Rui disse...

não sei se entendi bem... kkkk

Lih...Amarante disse...

realmente é algo demasiado subjetivo!
a prioridade ñ ofi o entendimento,
apenas o mini-relato fictício! rs

pelosdias disse...

Rui, você entendeu sim. não existe um entendimento, o sentido só se completa quando você lê.

tive umas imagens eróticas com isso ai, mas os textos da Lih sempre abrem pra isso, não é? =)

Lih...Amarante disse...

isso é verdade!!!

penanegra disse...

Aff...
Essa menina é pornografica, isso que sei.
Mas esse poema não achei assim tão profano:
Senhorita amaranta, só uma coisinha, porque me dou ao luxo de dar piteco na sua obra:
Adorei o poema só não achei que ficou bom aquele "ali" no final. Acho que fica mais "aberto" e poetico deixar ... "a tua mão dorme.." Se não fica muito 'í', 'í' 'í'... parece soluço =D ... Sei lá...
BJOCAS!

Lih...Amarante disse...

Mr. Penanegra...
ñ acatei tua sugestão, mas fiz uma modificaçãozinha no texto - influenciada pelo teu pitaco.
valeu.
BJo!

Novos Velhos Projetos disse...

AHHHH, ma vá.... MOLTO MELHO ALLORA!!!!

Ptrucio Maciel disse...

Gosto disso. Bem sugestivo, imaginativo e excitante. Nada pornográfico. Muito legal isso de dar pistas e deixar os pensamentos aflorarem. Parabéns!