quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Logo ali - D.M.X



pego aquelas sensações
jogo com esse sussurro

ainda sinto a pressão das mãos aflitas
e do encaixe no escuro

ainda se faz sufocado e escondido
aquele entorpecimento primitivo

penso na matriz que se acomoda
e dou intensidade para a filial que provoca

em meio ao proibido
dou continuidade ao nosso enrosco repetido.

4 comentários:

Alter Ego disse...

Lindo!... Adorei a sonoridade do poema. Rimas curtas que não cansa. Soa como um solo calmo de blues.

pelosdias disse...

sensual (e isso é sempre bem vindo).

seus comentários me roeram de vontade de te conhecer. a conversa seria boa, acho... mas você mora longe.

os 8kg a menos foram consequencia do término (traumático, sempre) de um relacionamento de 4 anos.

obs: linkei teu blogue.

pelosdias disse...

adicionada

=)

Yoshi disse...

Muito legal o blog.
gostei do texto *-*v