segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Sr. Amarante


A contemplação é pouco

Inquieta

Acalma os batimentos

No momento um atropelo

de ensinamentos e sentimentos


Ele

É perpétuo, perpétuo afeto.

É:

A pausa na minha impulsão

E o sentido para o meu perdão.


Dos olhos

Vem a calma

Do viver

A minha alma.

Um comentário:

penanegra disse...

feliz dia dos pais então.
senhor amaranto.

=D