domingo, 16 de agosto de 2009

23


Daquele agosto denso,

apenas o vento.

E, no vento,

aquele dia
que fica suspenso.

3 comentários:

penanegra disse...

linda poesia
.
.
só me fala:
é umda data especial esse 23 de agosto? fiquei curioso.
hehehhe
bjo.

Gabriel Ribeiro disse...

Ah

Tá um calor tão gostoso aqui em SP. Nem teve vento.

Bah me senti o mais insensível agora. Mas eu não entendi muito bem o seu post.

Enfim, adoro mesmo assim.

Beijo!
Gabriel.

- Rafael disse...

Mas ainda faltavam oito longos dias...